Vivi Vendo: Bleach

bleachOk, Bleach é um pouco antigo. Na verdade, assisti a 3 outros animes antes de reencontrá-lo e decidir escrever sobre ele.

Ultimamente passei por problemas ao assistir animes mais novos, sempre que terminava, ficava um sentimento de que estava faltando algo, na verdade, eu sempre tinha a sensação de que tudo havia sido superficial demais e acabava sempre me perguntando o porquê daqueles acontecimentos, de onde haviam saído aqueles personagens, poderes, etc. Não me entendam mal, não quero que o anime jogue as respostas na minha cara. Quero que ele me permita ao menos, deduzir. E, nesse quesito, Bleach não me decepcionou. Nenhum acontecimento é por acaso, tudo tem um sentido.
A algum tempo eu disse que não consigo assistir animes com muitos episódios (vide Fairy Tail), mas Bleach foi uma exceção.
A trama gira em torno do adolescente Ichigo Kurosaki, que tem o dom de ver e interagir com espíritos e sua “missão” de defender os humanos e encaminhar as almas para o mundo dos espíritos. O termo missão está entre aspas porque, inicialmente, Ichigo não tinha poderes para lutar, mas acaba os conseguindo por uma mistura de acaso e necessidade. E é sempre ela, a necessidade, que faz com que o personagem sempre tenha que evoluir. E o mesmo acontece com os personagens secundários, quase tão marcantes quanto ele.
Embora tenha assistido apenas 109 dos 366 episódios, eu não tive aquela sensação de tempo perdido ao final de cada arco que via. Na verdade, a cada final de arco eu tinha vontade de ver mais. Inicialmente, eu deveria ter assistido apenas até o episódio 52, que é a disponibilidade do netflix, mas não aguentei e acabei vendo até o 109 de forma “alternativa”…rs Depois eu acabei descobrindo que no crackle tem disponível até o 109.
Pois é, Bleach me viciou por alguns dias…

  • Caio Braga

    Bleach me viciou também… A ponto de comprar coisas em eventos de anime quando estava no início da série. Até que percebi que a história e muita coisa se perdia. Se alguns personagens são tão fortes como mostrados futuramente, porque apanham pra um Shinigami substituto? Ou por que não mostraram todo o poder logo contra ele? Síndrome de Seiya demais pro meu gosto, Ichigo é sempre overpower. Sempre. Daí acabei largando.
    De fato, é divertido. Mas Kubo Tite se perdeu demais umas duas sagas depois e fica muito estranho as explicações.

    Pra fugir de animes longos desse tipo assisti Tengen Toppa Gurren Lagann à pedido da namorada e achei interessante. Ali sim a síndrome do Seiya com vida infinita tem um sentido rs

    Abraços!

    • Tiago Cardoso

      Caro Caio, de fato a Kubo se perde em alguns pontos, mas, quanto a Ichigo se poderoso isso é explicado no mangá, mas não irei comentar em razão dos spoilers.

  • Marcel Keii

    Bleach até o final do arco Seireitei (salvamento da Rukia) foi nota 10! e ainda com um final que já dava rumo para algo maior! realmente deixou animado…mas após isso, caiu muito na minha opinião, e não estou contando com Fillers, que em nenhum anime é bom.
    Colocando ele em perspectiva com Naruto, One Piece, Fairy Tail e outros mangas Shounen, é o que mais fraco.

    Mesmo assim assisti todos os 366 epi. e continuo lendo o manga, parar agora que ta na reta final, não vou, pelo menos se for ruim o final, vou poder falar com certo critério.

    -Off-
    Tenho um afilhado que até hoje é fã de bleach, em um nivel Hardcore, já tentei recomendar outros animes, mais para ele bleach tá junto com dragon ball (não está) e devil may cry como melhores animes de todos.

    *Devil May Cry Anime, foi algo pavoroso…

  • Pedro

    Bleach é bom até o momento do regaste da Rukia depois disso vira uma repetição de ideias, algumas coisas acabam até com o primeiro episódio do anime. Se eu fosse recomendar, veja Bleach até o resgate da Rukia depois pare

  • Nobre

    Vivi…olha na boa bleach ainda não tive a coragem de passar do episodio 3…eu que não sou exigente com animes bem…pode dizer que não sou exigente com nada porém bleach…feary tail para mim não passou do 1º episodio mas ainda vou dar outra chance…eu adoro clichês tanto que ecchis e shoujos são minha paixão porém assisto qualquer coisa..espero que com muita força e ajuda do netflix vou continuar bleach e por causa do teu post pois, assim lembrei que esse anime existe…Valeu 🙂

    • Hehehe, Netflix dá uma forcinha mesmo, pena que não está completo…