Gavestática 33 (B): Ufologia

Salve, ratos e traças! Ouçam agora como continua o papo dos engavetados em mais um programa sobre ET’s, Ovni’s e afins. Atenção, esta é a segunda parte desse programa. Caso você não tenha escutado a outra ainda, acessem a primeira parte do podcast sobre Ufologia.

Entre na sala, pegue um café e participe da conversa mandando um e-mail para engavetados@gmail.com ou acessando nosso fórum!

Reproduzir

Tamanho: 19,4 mb
Duração: 41:23
Feed do Podcast

— Comentado no programa:
– Transistor

– Chupacabras (retrato falado)

– Site recomendado: Vigilia.com

– Ouça o depoimento completo de Carlos Alberto Machado no Nerdexpress

– Ovni da Noruega

Trailers:
– Distrito 9

– Sinais

– Série Taken

– Contato

  • Alexandre Skywalker

    Muito bom,os relatos do Aiken foram demais

  • gabriel teixeira

    vcs podem nao concordarem comigo mas a traça ficou chata demais, quem faz a voz dela, a maisa?

    • Cara, nessa edição a traça falou apenas cerca de 2 segundos. Esses 2 segundos despertaram tanto ódio assim em você? rs

      A propósito, quem faz a voz da traça é a própria traça oras. =x

      • gabriel teixeira

        nossa, nao quis parecer tao irritado assim, eu só quis dizer que a traça é chata…

  • Eu gostei da traça, achei divertido, bacana a brincadeira.

  • Olha o ET brasileiro!! Bilú, apareceu na record e sbt…rs

    http://www.youtube.com/watch?v=VE4ctdvHe7w

    • Hahaha, esse ET é foda hein. Até meteu medo na equipe da record.

  • Pois é Vivi, esse ET é do Urandir Fernandes:

    http://www.blogdourandir.com.br/2010/02/urandir-e-paranormalidade-em-sua_6556.html

    O mesmo citado no 33a, e que tinha desaparecido do planeta com aquela reportagem da Globo, mas voltou ao nosso mundo graças à Record.

  • Murilo Rocha

    Oi não conhecia os podcast de vocês muito bom, sobre o relato do objeto que tinha semelhança da intensidade de um estrela eu também já vi ele não tinha padrão de orbita ia e volta, as vezes uma orbita meio circular e as vezes acendia e apagava e aparecia próximo de onde tinha apagado, até que sumiu. Detalhe estava numa fazenda as duas vezes que vi, a noite com o céu sem lua, quase sem iluminação artificial, e vi com mais duas pessoas, uma vez com dois amigos e outra vez com meu pai e minha irmã, o mais engraçado disso é que foi há uns 12 anos atrás acho que próximo da época que vocês relataram.

    Valeu galera parabéns pelo trabalho.

  • Paola

    Não entendo o por quê do enorme ceticismo enquanto a este assunto vindo das pessoas… É cientificamente provado a probabilidade de vida fora da terra, pelo tamanho do universo e calculando todas as possibilidades, probabilidades enormes.
    É claro que algumas coisas que o povo inventa, é invenção mesmo, mas o fato de existir alienígenas é coisa certa.

  • Pingback: Podcasts, por favor! | Secos dias()